Vida Simples

Captura de Tela 2015-11-09 às 23.00.36

Como ficou simples a nossa vida.

Não precisamos ir ao correio levar uma carta quando temos saudades de alguém, basta um toque num botão e temos essa pessoa a nossa frente, não importa se ela more no Turcomenistão ou na Penha.

Não precisamos rasgar folhas de sulfite a cada erro da máquina de escrever ou empilhar montes de livros quando fazemos uma pesquisa.

Comparamos de preço sem sair de casa, deixamos que o celular escolha o caminho da festa. Ouvimos o disco que sempre sonhamos na hora e lugar que quisermos. Assistimos a filmes que antes eram apenas disponíveis aos ratos do cineclube.

Porém tudo tem um preço e o preço que pagamos hoje é alto, não sei se o homem primitivo, aquele que anotava os telefones em cadernetas, mandava telegramas e estudava caminhos no Guia, seria capaz de pagar.

Nossa liberdade é limitada por senhas. Sim, temos que ter milhares delas e elas mudam a todo momento. Nos obrigam a ter senhas que misturam letras maiúsculas e minúsculas, números e asteriscos. E quando começamos a confundir as senhas apertamos o link “Recuperar senha” e nos enviam um e-mail com o caminho para habilitar uma senha provisória para finalmente conseguir a nova senha.

E as atualizações? Quando estamos quase nos acostumando com o aplicativo uma atualização é lançada para nos dar conforto e melhorar nossa experiência (palavras do release copiado e colocado em todos os sites especializados). Atualizações que mudam tudo de lugar que nos enlouquecem enquanto procuramos pelos botões com os quais estávamos acostumados.

Enquanto isso, os softwares e aplicativos vão ficando incompatíveis com os novos sistemas operacionais, isso a gente só sabe depois de ligar para o SAC via telefone (lembra dele?).

Discamos os 8 números, depois digitamos nosso CPF e número do assinante e assim chegamos a um menu com 600 opções de caminhos até ouvir a reconfortante voz de um ser humano:

_ Kleisson, em que posso ajudar?

Depois de repetirmos o CPF e o número de assinante ele começa a nos explicar como e onde clicar para que tudo funcione exatamente como funcionava a dias atrás, antes da atualização

_ É tudo uma questão de UX – explica o especialista. – User Experience ou experiência do usuário. Tudo tem que ser o mais fácil e confortável para nós, os tais usuários.

Assim criam-se nuvens, back-ups virtuais, drives, ligações, aparelhinhos, aplicativos com novas e novas senhas, cadastros, nomes de usuário e muitas atualizações. Sabe pra quê?

Para simplificar a nossa vida.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s