Ética ou resultado?

duvida.jpg

Meu nome é Luciano e eu tenho uma loja de sapatos. Como não posso cuidar dela, a cada 4 anos coloco um administrador que se me agradar deixo lá mais 4 anos.

De 2002 a 2010 tive um administrador chamado Inácio. Ele era falastrão, egomaníaco e divertido. Embora não tivesse muito estudo formal, me convenceu com seu jeito seguro e foram 8 anos em que loja foi bem. Tinha ótima relação com a equipe, as vendas foram excelentes e os clientes estavam felizes.

Ele tinha seus defeitos. Dava pra ver que de vez em quando metia a mão no dinheiro do caixa e também fazia vista grossa quando um funcionário levava um sapato. Contratou mais gente para a loja do que era necessário e muitas dessas pessoas não eram qualificadas para suas funções e também roubavam sapatos. Mas no fim, como a loja lucrava bastante, acabei deixando que concluísse seu contrato.

Em 2010, a Vilma assumiu a administração da loja. Ao contrário do bonachão Inácio, Vilma era muito séria e compenetrada. Parecia uma sargenta do exército alemão. Falava em rigor e eficiência e eu confiei nela.

Vilma é extremamente honesta, jamais desviou um centavo do meu caixa e isso é admirável. Mas ainda sim estou tendo muitos problemas. Ela grita com a equipe e não tem talento para administrar pessoas. Colocou o melhor vendedor para atender nos horários mais vazios da loja, transformou a faxineira em caixa e o estoquista em vendedor. Também contratou assistentes para todos os funcionários e estagiários para todos os assistentes. Ela não rouba mas a confusão na loja é tão grande que todos estão roubando.

Ela também se mostrou incompetente na gestão do dinheiro e na escolha dos produtos.

Os clientes sumiram, os fornecedores não querem entregar a mercadoria e o lucro da loja se transformou em imenso prejuízo.

Isso me levou a um dilema moral:

  • Se mando ela embora, me sentirei uma pessoas extremamente antiética, já que suportei tantos funcionários sem caráter quando o resultado me interessava.
  • Se deixo ela no comando, estarei respeitando o contrato e o caráter da mulher, mas ela me afundará no lodo até o pescoço.

Não sei se o leitor já passou por uma situação parecida, mas agradeceria conselhos e sugestões.

Respeito meu lado justo e fico com a Vilma ou respeito meu lado prático e dispenso a coitada?

Anúncios

12 comentários sobre “Ética ou resultado?

  1. Olá! Gostei da história e mais parece uma entrevista de emprego. rsrs Então, não sou administradora, mas já fui vendedora e o erro me parece ser seu em permitir que, tanto um quanto outro, mantivessem o “estilo” de administrar.. De qualquer forma, você colocou perfis quase opostos aqui e cruzados. Acho que a pergunta seria: É mais fácil ensinar ética ou liderança? Tudo bem que ela seja honesta, mas honestidade não é qualidade, ou foi assim que aprendi. Se está dando prejuízo, é hora, ou já passou da hora, de intervir e ter uma reunião. Não adianta ter alguém que não rouba, mas cria situações onde outros podem roubar… entre outras coisas. Se acredita realmente, que ela é “a” pessoa, treine-a. Você é comerciante, e podem falar o que quiserem, mas comércio é boa parte, intuição. Use a sua. Apostaria que você só não a demitiu ainda por se preocupar com a sua ética, mas se for o caso, não se preocupe, não é falta de ética querer ter lucro, a falta de ética pode estar na forma como se obtém isso. Não sei o que faria no seu lugar, mas não permitindo que chegassem tão longe já teria sido bom. Ela não erra sozinha, me desculpe mas, você é conivente com ela como foi com o outro. É como um acidente de trabalho, é sempre um conjunto de fatores. Começaria por você: Consulte seus funcionários, aproxime-os de você e crie esse ambiente junto com sua administradora. Eu acredito que , não importa o cargo, da faxina a diretoria, todos devem estar envolvidos. Afinal é uma equipe.
    Se fosse aqui no Rio, teria A pessoa perfeita pra você, o que deveria me garantir uns 10 anos de fornecimento gratuito de sapatos em agradecimento. rsrsrs
    Boa sorte. 😉

      1. Hahaha, achei que era inventado mesmo. Mas gostei…me senti burra agora. rsrsrs Vou ler novamente. Obrigada,pelo elogio ao meu blog! Tenho andado sem inspiração e tempo, mas logo logo volto.
        Agora, tenho que prestar mais atenção nos seus textos? Sou igual ao Timão (Rei Leão) Tenho problemas com metáforas. Rsrsrs Também gostei do seu blog, bastante. Ainda vou dar minhas gafes por aqui.;)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s