Queridos leitores, eu não sei se já contei, mas além de cronista, empresário do audiovisual e baixista ruim, eu também sou autoproclamado economista. Quem me conhece sabe que economizo horrores.

Então aproveitarei meu conhecimento profundo na área para salvar a economia do nosso país tão doentinho. Até por que não há em Brasília ninguém preocupado com esta missão.

Em primeiro lugar, é importante entender que desistir do isolamento social não vai salvar a economia. Podem abrir todos os restaurantes, lojas e cinemas. Vocês verão que o número de clientes será minúsculo, talvez insuficiente para pagar os custos de manter esses estabelecimentos abertos. As pessoas só sairão novamente quando se sentirem seguras e não é um decreto que vai trazer de volta a confiança.

Então, o que fazer?

Fácil, seguir as dicas de “Toda Unanimidade”, que exponho abaixo. Mesmo com elas, é impossível evitar a crise, mas podemos suavizá-la.

1 – Dicas para o Governo

  • Pare de fingir que não há uma pandemia global e parem de agir como malucos. Malucos assustam os investidores e dificultam os negócios.
  • Distribua cestas básicas e dinheiro para as pessoas. Mas distribuam muito, sem miguelagem. Neste caso é melhor pecar pelo excesso. Façam como os EUA.
  • Crie linhas de crédito acessíveis e baratas para as empresas (não vale criar linhas que ninguém consegue acessar como está sendo feito).
  • O Brasil vai aumentar seu endividamento em 2020, não há jeito, pelo menos faça isso salvando vidas.
  • Pare de destruir a Amazônia, investidores internacionais odeiam países irresposáveis.

2 – Dicas para os Bancos

Amigos bancos, esse será o ano de maior lucro de vossas histórias. Parabéns.

  • Que tal reduzir um pouco esse lucro oferecendo juros ligeiramente menores?
  • Que tal facilitar o crédito para seus clientes?
  • Eu sei, agindo assim talvez o lucro do Itau esse ano não chegue aos 40 bilhões, mas será que é tão ruim assim lucrar apenas uns 30 bilhões para ajudar a salvar o Brasil?
  • Já pensaram em contratar mais gente em 2020? Mesmo sem precisar? Mesmo que isso custasse 1% ou 2% dos seus lucros bilionários?

3 – Dicas para Empresas

Muitas empresas estão com a corda no pescoço, elas não tem muito o fazer senão continuar lutando e procurando crédito mais barato.

Porém há empresas que estão bem, que continuam vendendo e trabalhando. Estas empresas deveriam:

  • Contratar, mesmo inchando um pouco seu quadro de funcionários, mesmo que futuramente tenham de demitir.
  • Aliviar um pouco as condições para seus fornecedores. Pagar com prazos melhores, não achatar tanto os preços. A Ambev paga seus fornecedores em 120 dias, obrigando todos a tomar giro em bancos. Seria um grande alívio mudar essa política nesse período. Não é só aAmbev.
  • Usar insumos nacionais na medida do possível. Valorizar o produto brasileiro.
  • Comprar também de pequenos fornecedores.

4 – Dicas para Pessoas físicas

Assim como há empresas quebradas e empresas indo bem, há muitas pessoas bem empregadas, recebendo regularmente seus salários, funcionários públicos com estabilidade ou pessoas cuja renda está preservada. As pessoas que estão bem deveriam:

_ Comprar mais, fazer o dinheiro circular. Vocês não estão indo a restaurantes, salões de beleza ou cinemas. Aproveitem o dinheiro economizado para pedir comida fazer compras on-line, assinar serviços…

_ Compre de comércios locais e familiares. Claro que muito das compras precisam ser feitas em grandes mercados, mas procure também usar o pequeno comércio e ajude o seu vizinho.

_ Compre produtos nacionais.

Seguindo essas regras, reduziremos o estrago e teremos uma recuperação mais rápida.

Agora, é só compartilhar esse texto até chegar no Paulo Guedes. Só não adianta me indicar para o lugar dele, não tenho condições de trabalhar neste governo, não aceito falta de educação.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s