Lula, Jesus e Luke Skywalker

08_12_2015__08_48_59498052f34743696d3cfaf7903e39ff9dac012_640x480.jpg

O leitor que não é familiarizado com roteiros talvez não tenha ouvido falar na “Jornada do Herói”.

Trata-se de uma estrutura básica narrativa onde o herói é um jovem com algum tipo de predestinação messiânica. Este herói (que ainda não conhece sua missão) sai de casa e se lança numa aventura onde vão aflorar seu heroísmo e habilidades especiais, até que se confirme a profecia.

Se você prestar atenção em Guerra nas Estrelas, Matrix, Harry Potter, O Senhor dos Anéis e Jogos vorazes verá que todos se encaixam neste formato. Aliás, as origens da Jornada do Herói vem da antiguidade. As histórias bíblicas das vidas de Moisés e Jesus são típicos exemplos.

E onde entra o Lula na história?

A vida de Lula (excluindo-se os últimos anos) tem as estrutura narrativa idêntica à maioria destes personagens. Ele nasceu um ser humano comum, pobre, pertencente a um mundinho pequeno. Com o tempo, desenvolvendo habilidades de negociação, convencimento e carisma,  Lula evoluiu, enfrentou inimigos, dificuldades, até se parecer com um Messias que saiu do povo para salvar esse mesmo povo.

Nos primeiros anos de seu goveno, a profecia se concretizou: A inflação caiu, a economia cresceu, o desemprego sumiu, ganhamos a Copa. A narrativa perfeita se fechou.

Porém, por mais lindo que tenha sido observar uma Jornada do Herói na vida real, Lula não era Harry Potter e muito menos Jesus Cristo. Pena que seus seguidores acreditaram nisso. Ainda Pior, o próprio Lula parecia sentir-se ungido.

As maracutaias que vieram à tona mostram que a vida real é menos óbvia que a ficção e foi justamente o que disse Palocci na carta de desfiliação que enviou ontem.  Ele questiona se o PT é de fato um partido político ou uma “seita guiada por uma pretensa divindade”.

Lula nasceu pobre como Jesus, fez a travessia no deserto como um Moisés, tinha o corpo marcado como Harry Potter e enfrentou o Império como Luke Skywalker. Isso ajuda explicar porque tantos acreditaram em seus poderes. Porém, ao contrário de Frodo, Lula não resistiu a tentação do anel e o anel destrói que se deixa seduzir por ele.

A Jornada do Herói é linda, mas pertence ao mundo da narrativa, da ficção. Não podemos esperar que um Messias surja no Planalto e venha nos salvar. É o que muitos desejam quando idolatram seucandidatos. Mesmo o clamor de alguns pela volta dos militares não deixa de ser uma esperança num ente mágico que vai nos redimir.

Não se iludam meus caros, nosso futuro depende do trabalho com erros e acertos de muitos homens de carne e osso e não da Força de Luke Skywalker, por mais sedutor que isso possa parecer.

Anúncios

Eu, o Comentarista Político

eu o coment.jpg

Resolvi dar uma guinada na carreira  e ingressar na profissão mais fácil que existe. Serei Comentarista político.

Acho que no passado o desafio desse profissional era maior, mas hoje tudo mudou. Principalmente depois que os memes substituíram os livros e que o Alexandre Frota tornou-se o a referência intelectual da direita.

Posso fazer melhor que a Jovem Pan e a Veja, dedicadas exclusivamente a falar mal do PT. Posso superar Reinaldo Azevedo, que tem como tema central “A Luta e a Glória de Reinaldo Azevedo”.

Vou falar de tudo e de todos, sem censura, sem medo e com total isenção. Vou esperar o meu primeiro milhão de seguidores antes de me vender como a “Isto É”.

Se todos ganham dinheiro com abobrinhas políticas, por que não eu?

E o tema da primeira coluna é: ELEIÇÕES 2018

Nem parece mas já está chegando, teremos eleições em breve e 4 dos 6 prováveis candidatos já se dedicam exclusivamente à campanha. Só Alckmin e Marina esperam.

Vamos aos candidatos divididos por ideologia.

Na esquerda:

Lula

O grande nome da esquerda brasileira está em plena campanha, cruzando o Nordeste atrás de lindas fotos para as redes sociais e imagens para a campanha. Apesar do bom desempenho entre 2002 e 2010, Lula não tem mais condições de aglutinar vários partidos no seu entorno. Sua arma principal para essa estratégia – la plata das incorporadoras e da Petrobras – se esgotou. Agora, acredito que seria um causador de atritos que pouco poderia acrescentar num momento tão difícil. Embora há que se considerar que só ele e FHC mostraram habilidade para governar a palhoça.

Ciro

Contundente nos discursos e rápido nos debates, Ciro tem um histórico de respostas intempestivas e alianças desfeitas.

Quem ouve seus discursos e explicações cheias de argumentos sente-se tentado a apoiá-lo.

Não poderá governar sozinho e não terá paciência para dividir o poder com o resto da esquerda e com os fisiologistas. Tem tudo para dar errado.

Marina

Marina é a Olimpíada da política. Só aparece a cada quatro anos. Quando der as caras eu falo dela.

Na direita:

Alckmin

Pouco carismático e pouco atuante fora de São Paulo. Tem uma grande vantagem: Não repete o discurso de ódio que a maioria propaga. Trata os adversários com respeito. Foi dos poucos que sempre chamou a Dilma de Presidenta.

Suas suspeitas de corrupção são discretas (para um partido que domina um Estado tão grande por 20 anos). Além disso, por ser do PSDB nunca enfrentará problemas com a justiça o que pode ajudar na estabilidade do governo.

Meio sem graça, nunca mostrou grandes atributos, ainda assim vejo como boa opção por não ser um semeador de ódio e por ter experiência em um Estado grande.

Dória

O Prefeito que está em campanha forte pelo planalto tem muito que aprender. Vídeos e selfies agradam os fãs das redes mas não ajudam na gestão. Além disso, tratar adversários e jornalistas como inimigos nunca acaba bem.

Embora tenha grande carisma, ainda não foi testado num público mais eclético que o paulistano. Sua grande vantagem é a aderência da direita, que pode ser importante para enfrentar a grande ameaça que paira sobre o Brasil, o candidato…

Bolsonaro

Bolsonaro lembra muito o Trump. Usa o ódio e a desilução como motivações do eleitorado. Embora esteja há 26 anos na política sem nunca ter feita nada (além de ofender as pessoas), passa a imagem de que não é político.

Não consegue formular uma frase com sentido, defende uma agenda econômica idêntica à da Dilma e servirá para turbinar toda a raiva e conflitos entre grupos que existem no Brasil. A grande meta da eleição será evitar que um mal deste tamanho nos atinja. Sua eleição levaria o Brasil ao status de Irã ou Indonésia.

 

 

 

 

Tá Liberado

yes-we-can.jpg

Ei Petista, você que gritou golpe, pixou Fora Temer, colocou a foto do Lula no seu perfil, tá liberado ficar puto com a Dilma por saber que o ministro da Fazenda negociava pessoalmente propina. Tá liberado se sentir traído por ela saber que a própria campanha era irrigada por grana de corrupção.

Ei coxinha, você que votou no Aécio dizendo que estava cansado dos corruptos. Você que tocou vuvuzela na Paulista em frente ao Pato do Skaf. Tá liberado para bater panelas quando o programa do PSDB passar na TV ou nos discursos do Temer. Não é vergonha.

Amigo de esquerda, você que disse que a Lava Jato era um plano pra quebrar a Petrobras, daqui em diante você está livre para se indignar pelo Lula ter recebido 14 milhões em dinheiro, por ele ter ajudado a elite das empreiteiras a se locupletar com dinheiro público. Você pode cara, não é incoerência. Pode tentar.

E você caro revoltado, que apoiou Cunha, Temer e companhia, não tem problema nenhum postar que o Serra é corrupto, se sentir traído pelo Alckimin e seu cunhado. Assumir  que a queda de Dilma nada teve a ver com combate a corrupção (muito pelo contrário).

É permitido gente, podem experimentar, não precisa xingar só os seus velhos inimigos. Se o seu ídolo meteu a mão no nosso bolso, você pode ficar bravo com ele também. Isso não vai te fazer uma pessoa pior.

Tá liberado.

A Prisão de Lula

lula cunha prisao.jpg

Caro leitor, você já ouviu falar em SEO?

Resumindo, é um conjunto de técnicas para aumentar as chances de seu site ou blog ser encontrado no Google.

Imagine que você tenha uma pet shop na Penha. Se alguém procura no Google “pet shop Penha” e sua empresa aparece entre os primeiros na pesquisa, seu potencial de vendas cresce muito.

Você também pode pagar por um anúncio do Google, mas se tiver conhecimento das técnica de SEO, consegue ótimas colocações sem precisar investir nada.

Há um tempo fiz um texto chamado Amanda Nudes, sobre uma moça que fantasiava em mandar nudes para desconhecidos. Até hoje esse texto é visitado por pessoas que pesquisam “manda nudes” no Google.

Há várias técnicas SEO, como o uso de tags, palavras chave, a escolha certa do nome do arquivo de imagem, sua relevância histórica em relação  ao assunto abordado e principalmente, o título da matéria.

Então, nunca se esqueça, se você quer melhorar a posição de seu site ou blog nos mecanismos de busca, use títulos chamativos.

 

Ética ou resultado?

duvida.jpg

Meu nome é Luciano e eu tenho uma loja de sapatos. Como não posso cuidar dela, a cada 4 anos coloco um administrador que se me agradar deixo lá mais 4 anos.

De 2002 a 2010 tive um administrador chamado Inácio. Ele era falastrão, egomaníaco e divertido. Embora não tivesse muito estudo formal, me convenceu com seu jeito seguro e foram 8 anos em que loja foi bem. Tinha ótima relação com a equipe, as vendas foram excelentes e os clientes estavam felizes.

Ele tinha seus defeitos. Dava pra ver que de vez em quando metia a mão no dinheiro do caixa e também fazia vista grossa quando um funcionário levava um sapato. Contratou mais gente para a loja do que era necessário e muitas dessas pessoas não eram qualificadas para suas funções e também roubavam sapatos. Mas no fim, como a loja lucrava bastante, acabei deixando que concluísse seu contrato.

Em 2010, a Vilma assumiu a administração da loja. Ao contrário do bonachão Inácio, Vilma era muito séria e compenetrada. Parecia uma sargenta do exército alemão. Falava em rigor e eficiência e eu confiei nela.

Vilma é extremamente honesta, jamais desviou um centavo do meu caixa e isso é admirável. Mas ainda sim estou tendo muitos problemas. Ela grita com a equipe e não tem talento para administrar pessoas. Colocou o melhor vendedor para atender nos horários mais vazios da loja, transformou a faxineira em caixa e o estoquista em vendedor. Também contratou assistentes para todos os funcionários e estagiários para todos os assistentes. Ela não rouba mas a confusão na loja é tão grande que todos estão roubando.

Ela também se mostrou incompetente na gestão do dinheiro e na escolha dos produtos.

Os clientes sumiram, os fornecedores não querem entregar a mercadoria e o lucro da loja se transformou em imenso prejuízo.

Isso me levou a um dilema moral:

  • Se mando ela embora, me sentirei uma pessoas extremamente antiética, já que suportei tantos funcionários sem caráter quando o resultado me interessava.
  • Se deixo ela no comando, estarei respeitando o contrato e o caráter da mulher, mas ela me afundará no lodo até o pescoço.

Não sei se o leitor já passou por uma situação parecida, mas agradeceria conselhos e sugestões.

Respeito meu lado justo e fico com a Vilma ou respeito meu lado prático e dispenso a coitada?

Lutemos pelo que é certo

phr_greve2010_0081

Sejamos engajados. Lutemos pelo que é certo.

Vamos defender os homossexuais pintando de arco-íris nossos perfis.

Vamos defender os cartunistas franceses e a liberdade de expressão bradando: Je Suis Charlie.

Lutemos pelos índios mudando nossos sobrenomes para Guarani-Kaiowa. Lutemos pelo empoderamento da mulher. Enfrentemos o machismo e os tarados do metrô.

Mostremos nosso amor pela cidade levando os filhos para pedalar na inauguração das ciclofaixas.

Lembremos de expressar nosso luto a cada morte de artista ou intelectual.

Briguemos pelos diretos dos animais especialmente dos cães e gatos, expondo fotos de bichinhos maltratados e seus agressores.

Sejamos politizados, atacando ou defendendo a Dilma conforme nossa convicções.

Entremos em debates com amigos cujas afirmações não concordamos.

Compartilhemos fotos de famintos na África para revelar que nossa imensa preocupação não tem fronteiras.

Façamos textos condenando o Isis, o Boko Haran, o Tea Party e o Likud para que parentes e amigos saibam que nosso repertório político vai além de PT e PSDB.

Coloquemos frases bíblicas construtivas terminando assim: Quem é cristão compartilha!

Vamos repartir textos incríveis que ajudarão a todos em seus cotidianos miseráveis mesmo que falsamente assinados pelo Arnaldo Jabor.

Vamos defender os negros, os trans, o aborto, os palestinos, o direito ao sexo, os chefs de cozinha, a arte popular, a cerveja artesanal, a Ucrânia, os sem teto, o ajuste fiscal, o Timor Leste, a Luiza do Canadá, a oposição da Venezuela, os adolescentes mexicanos, a aposentadoria, os golfinhos e os ursos polares.

Ataquemos o consumo de carne, os alimentos transgênicos, a corrupção na Petrobras, o Lula, a poluição, o pum das vacas, o atraso nas obras, a Globo, as corporações, a mídia vendida, o Jô Soares, o Dunga, a CBF, os estádios da Copa, o funk ostentação, os assassinos, os menores, os inimigos dos menores, a Carminha da novela, os juízes do Supremo e os Estados Unidos.

Mostremos nossa correção bloqueando amigos reacionários ou comunistas (depende do gosto do freguês).

Mostremos a todos nossa luta, nossa preocupação com o mundo, nosso altruísmo, nossa bondade absoluta, nossa cultura e nossa superioridade ideológica

Conquistemos muitas curtidas para que nossos egos se sintam premiados com tamanho engajamento.

E, finalmente, compartilhemos este texto, para que o autor também possa sentir-se vaidoso de seu intelecto e brilhantismo

p.s. E por favor não saiam dizendo que foi o Jabor que escreveu.

O Tricolor e a Política

Captura de Tela 2015-03-27 às 00.07.27

Falemos das duas coisas que mais preocupam os brasileiros: A Política e o Tricolor Paulista. Ambos em fase de agitação intensa e grande instabilidade.

O que a imprensa golpista não mostrou, o que a CPI escondeu e até o juiz Moro tirou dos autos é semelhança assustadora dos dois. Mas aqui, no “Toda Unanimidade”, temos plena liberdade editorial e portanto, revelaremos aos nossos leitores essa coincidência estarrecedora:

Muricy Ramalho e Dilma Roussef

Estão no cargo por direito, falam grosso e não tem paciência nas entrevistas. Nenhum dos dois gosta de amaciar com os subalternos e lhes falta jogo de cintura. Todo mundo diz que podem perder o cargo num curto prazo.

Rogério Ceni e Lula

Ao que parece, essa dupla manda mais que a dupla de cima. Senão, pelo menos é a quem Muricy e Dilma recorrem quando precisam conselhos.

Já foram elevados a mitos, cada um com uma história mais impressionante que o outro, mas hoje estão em péssima fase. Só seus fãs de verdade ainda os respeitam.

Ganso e PSDB

Todo mundo esperava deles mais do que apresentaram na vida, apesar disso gozam da simpatia da imprensa. Quando erram, suas falhas são logo perdoadas e quando acertam são comparados a deuses.

Pato e Aécio Néves

São charmosos, galãs e fazem enorme sucesso com as mulheres. Juntos detém a mais incrível coleção de ex-namoradas da história. De resto dividem opiniões, podendo ser amados ou odiados por parcelas da sociedade.

Luis Fabiano e Marina Silva

Outra dupla de quem esperávamos mais. Desempenham bem no geral, mas quando o embate é decisivo acabam encolhendo.

Preciso parar agora, estou indo comprar minha passagem para Brasília. A simples posse dessas informações garante a credencial para o interrogatório na CPI. Mas fiquem tranquilos, não vou abrir a boca. Esses segredos ficam entre nós e as torcidas do Corinthians, Flamengo, Palmeiras, Santos…